IGREJA PENTECOSTAL DO

MOVIMENTO MISSIONÁRIO MUNDIAL NO BRASIL

Fundador do Movimento Missionário Mundial

Rev. Luis M. Ortiz

Servo do Senhor, professor, jornalista, radialista, escritor e poeta cristão, Luis Magin Marrero Ortiz foi o homem escolhido por Jesus para espalhar sua palavra. Um personagem que implacavelmente percorreu o mundo com uma missão de evangelização.

Rev. Luis M. Ortiz

Servo do Senhor, professor, jornalista, radialista, escritor e poeta cristão, Luis Magin Marrero Ortiz foi o homem escolhido por Jesus para espalhar sua palavra. Um personagem que implacavelmente percorreu o mundo com uma missão de evangelização.

Ele tinha um caráter reservado, tímido e discreto, mas sempre foi capaz de ser um servo do Senhor Jesus Cristo sacrificou invariavelmente corajoso. Ao longo de seus quase 78 anos, Luis Magin Marrero Ortiz, fundador do Movimento Missionário Mundial, tornou-se um dos mais importantes motores e promotores da Palavra de Deus nos tempos modernos Cristianismo. Ele foi capaz de combinar pregando ação oportuna preciso, para entregar todo o seu todo-poderoso, firmemente seguir seus princípios e para elevar a partir do zero um trabalho que agora se estende existência em todo o mundo.

Nascido em 26 de setembro de 1918, na cidade de Corozal, no norte de Puerto Rico, o Rev. Ortiz deu sua vida pela causa do Altíssimo. Apenas 10 anos de idade, enquanto ainda residir na ilha do encantamento, o Pai Eterno aceitou e tornou-se seu Salvador. Três anos mais tarde, iluminado pelo Criador, ele pregou seu primeiro sermão. Então, para terminar o ensino médio, ele entrou trabalho no jornal porto-riquenho El Mundo, onde desenvolveu seu interesse em jornalismo e comunicação. No entanto, logo depois que ela deixou tudo e passou a estudar a Palavra de Deus.

Rumbo Para República Dominicana

Como o pastor instruído Ortiz Instituto Mispa em San Juan de Puerto Rico, a mais antiga escola teológica do pentecostalismo, o seu apego ao Pai intensificou. Uma vez ele lembrou que naqueles dias a Deus e estava com ele e mostrou-lhe que o seu destino era para ser uma "fé missionária". Mas antes disso, em 1943, ele se casou com a irmã Rebecca Hernandez Colon e consolidou sua vida pessoal. Imediatamente, com sua esposa, ele foi para a República Dominicana para começar a dar vida à missão divina de levar a mensagem de Deus a todos os que ignoram a verdade celestial.

Depois de um ano, a estrada começou a desenhar irmão Ortiz na segunda maior nação caribenha deu mais um curso para se tornar mais forte e glorioso. Assim, em 1944, após doze meses de trabalho missionário bem-sucedido na República Dominicana, um país que na época era governado por sangue e fogo pelo ditador Rafael Trujillo, Deus o enviou para a ilha de Cuba para realizar a expansão do movimento evangélico em terra Caribe. Os frutos foram imediatos. Então, Deus o abençoou com a construção de 23 igrejas ea formação de um corpo de trabalhadores com mais de 30 irmãos, que trabalhou ao lado dele incansavelmente para a glória do Senhor.

Trabalho em Cuba

Na ilha de Cuba, que ele sabia que viria a partir de uma idade jovem, o Rev. Ortiz lançou as bases para a evangelização do mundo. Para fazer isso, lá no arquipélago conhecido nas Américas, recorreram a formas engenhosas e inovadoras de comunicação para levar a mensagem cristã aos pagãos. Gradualmente, e guiada pelo Espírito Santo, ele se tornou um campeão do Word. Ele se envolveu em rádio, com um programa chamado "Evangelismo Impacto" inteiramente dedicada a pregar o Evangelho; organizou inúmeras campanhas evangelísticas rua em tendas, ele fundou uma Escola Bíblica e construiu 60 templos em 16 anos de evangelização.

Kind, humilde, espiritual, santo, firme em suas convicções e homem viajante incansável Marrero Ortiz voltou para Porto Rico, em 1960, por ordem de Deus, e tentou, sem sucesso, convencer os superiores de sua congregação para iniciar um "Trabalho World" para para Cristo. Mas, sob os auspícios do Senhor, ele estabeleceu o Missionário Latino-Americano Associação Evangelística Inc. e instituição antecessor do Movimento Missionário Mundial, e implantado um trabalho cheio de grandes milagres realizados pelo Senhor. Ele também foi sobre este curso, criado em janeiro de 1961, a revista agora você tem em suas mãos: Evangelística de Impacto.

A construção da fundação

Nenhuma Igreja própria, sem meios financeiros, sem o apoio de qualquer conselho, mas envolto em uma grande fé, porto-riquenho Pastor levou apenas três anos para atingir o objectivo fixado pelo Salvador. Assim, a 13 de fevereiro, 1963 em Puerto Rico fundou o Movimento Missionário Mundial com a visão de fornecer "o mundo para Cristo" e colocou o ponto de partida do trabalho. Sobre o assunto, uma vez que ele confessou: "Este trabalho é de Deus e eu não sabia o que o Senhor pretendia. É com alegria e gratidão que podemos dizer que é Deus quem levantou esta moção, sem nós ter tentado, ou pensamento; com o objetivo de voltar ao trabalho missionário e da evangelização do mundo, o lugar que Cristo atribuído ".

Depois disso, a partir da unidade e coragem para Ortiz, o nome do trabalho atingiu milhões de pessoas ao redor do mundo, milhares de santuários e igrejas cristãs, dezenas de milhares de doentes eram curados, salvos e ungido Poder construído Deus, o trabalho positivo de maturidade evangélica, solidez bíblica, espiritual estabilidade, a sã doutrina, definida e testemunho limpo e transparente dos valores eternos conceitos implantados. Uma missão que, com a graça de Deus permanece intacto até hoje e olhar com grande expectativa o futuro por vir nos dias em que os sinais do retorno de Jesus é mais evidente.

Duas filhas, Damaris Ortiz Priscila Hernandez e Luis M. Ortiz Marrero era uma inspiração e continuamente inculcator presença dentro do Movimento Missionário Mundial nos 25 anos que ele presidido e dirigido com habilidade e sucesso. Ao longo de uma carreira que durou um quarto de século foi líder, guia, pregador, organizador, Testificador, campeão e herói da fé. Sua presença ativa, ele sabia atingir 47 países, sobrevive entre nós, apesar de sua saída em 25 de setembro de 1996, na véspera de seu aniversário número setenta e oito, quando Deus o chamou para o seu reino e deixou a vida terrena . Ideal para uma vida dedicada inteiramente ao Senhor fim.

Um comunicador inata

Luis M. Ortiz não foi apenas um grande arauto de Deus. Ele também se destacou no mundo secular para seus dons inegáveis ​​do grande comunicador social. Jornalista sério e medidos, afiado e poeta espirituoso, escreveu mais de duas centenas de poemas, emissora prolífico e multifacetado, criador dos melhores programas de rádio cristãs, profundas, claras e prosador compreensível, teve na Palavra seu trampolim ideal para fugir do anonimato e fora sem parar a mensagem redentora do Rei dos Reis em cinco continentes.

No entanto, para além das suas muitas condições profissionais, o Rev. Ortiz entrou para a história graças a suas comunicações trabalho jornalístico implantados através das páginas do "Evangelismo Impacto" mensal. Foi na publicação oficial do Movimento Missionário Mundial, encarregado de difundir a missionária e evangelística trabalho, onde sua produção infinita desenvolvido sem reservas e permitiu que milhões de almas desesperadas encontrar o caminho para a redenção ea vida eterna.

(Fonte: Evangelística de Impacto)

Copyright © 2014 mmmbrasil - Todos os Direitos Reservados